Dexketoprofen trometamol: evidência clínica que suporte o seu papel como um analgésico

Desde a última revisão sobre a segurança e eficácia de dexketoprofen trometamol, nova evidência clínica que suporte as suas vantagens tem sido publicado. No que se refere à formulação oral, estão agora disponíveis estudos sobre a sua farmacocinética em populações especiais e estudos de eficácia em várias condições de dor. Inversamente, com a aprovação de uma formulação parentérica, o dexketoprofeno trometamol tem hoje um âmbito mais amplo de possíveis indicações. Os estudos com a formulação parentérica demonstraram uma eficácia analgésica semelhante aos seus comparadores, um efeito poupador de opióides, menor incidência de náuseas e vómitos, melhor qualidade de sono e menor grau de sedação. No total, a relação benefício–risco global de ambas as formulações nas indicações aprovadas permanece positiva. A sua eficácia comprovada e o rápido início de Acção demonstrado repetidamente, combinado com o seu perfil de segurança, fazem do dexketoprofeno trometamol uma alternativa interessante com maior versatilidade, e apoiam a sua administração como um analgésico de primeira linha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.